Posts Tagged ‘Conferência Nacional de Comunicação’

Brasília elege 23 delegados à Conferência Nacional de Comunicação

24/11/2009

Fonte: Sindicato dos Jornalistas

Realizada segundo as normas estabelecidas pela Comissão Organizadora Nacional, a Confecom-DF elegeu 23 delegados à Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), que ocorrerá em Brasília nos dias 14, 16 e 17 de dezembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Desses 23 delegados, 10 são do segmento empresarial de comunicação, 10 da sociedade civil não-empresarial e 3 do poder público. Os escolhidos estão encarregados de defender na Confecom as propostas apresentadas pelos cerca de 300 participantes da Confecom-DF.

A conferência contou com um número bastante representativo da sociedade brasiliense. Além dos empresários ligados à Telebrasil, entidade que congrega as empresas de telefonia fixa e celular, e à ABRA (Associação Brasileira dos Radiodifusores), compareceram militantes de entidades do movimento negro, dos homossexuais, dos sindicatos, dos estudantes e associações de moradores.

Na parte da manhã de sábado (21/11) foram realizados três painéis. No primeiro, tratou-se do tema Produção de Conteúdo; no segundo, Meios de Distribuição e no terceiro, Cidadania: direitos e deveres.

No primeiro painel falaram o professor Venicio A.de Lima, o jornalista Beto Almeida e o empresáro Flávio Lara Resende. Da segunda mesa participaram Carolina Ribeiro, do Coletivo Intervozes, o engenheiro Marco Aurélio Manhães, do Sintel-DF, e José Rogério Vargens, da Telebrasil. O professor de antropologia da UnB José Jorge de Carvalho, Leovane Gregório, do Conselho Regional de Psicologia, Jerônimo Calorio, estudante, e Juarez Quadros, da Telebrasil, falaram sobre direitos e deveres do cidadão.

A Confecom-DF aprovou propostas que defendem maior participação da população negra nos meios de comunicação; divisão paritária das concessões de rádio e televisão entre os setores privados, públicos e estatais; reativação do Conselho Nacional de Comunicação e criação de um Conselho Distrital de Comunicação; medidas oficiais para impedir a discriminação dos gays e lésbicas na mídia e dezenas de outras propostas importantes para a democratização dos meios de comunicação no Brasil.

Todas as propostas serão sistematizadas por uma Comissão de Sistematização e serão enviadas à Comissão Organizadora Nacional para compor o caderno de teses estaduais que irão a debate na Confecom.

O jornalista Beto Almeida, filiado ao Sindicato dos Jornalistas do DF e diretor da TV Comunitária de Brasília, é um dos 10 delegados do segmento social não-empresarial. A jornalista Juliana Cézar Nunes, da Cojira (Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial), vinculada ao Sindicato dos Jornalistas, também foi eleita delegada titular. Como uma das suplentes, foi eleita a vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas, Emilia Magalhães.

Eis a lista completa dos delegados titulares e suplentes eleitos:

Pelo Poder Público:

1 – Pedro Oto de Quadros -MPDFT
2 – Isis Dantas Cruz -CLDF
3 – Paulo Pestana da Silva Filho- GDF

Suplentes:

1 – Eduardo Felipe Gaher – CLDF
2 – Ana Helena Ferreira da Paixão – CLDF
3 – Júlio Romário da Silva – GDF

Titulares da Sociedade Civil:

1 – Carlos Alberto de Almeida – Sindicato dos Jornalistas e Associação Brasileira de Canai Comunitários (ABCCOM)
2 – Juliana Cézar Nunes  – Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial – Cojira
3 – Brígido Ramos – Federação dos Trabalhadores em Telecomunicações
4 – Manuella Torreão de Menezes – Comunidade Surda de Brasília
5 – João Batista de Oliveira Filho – da Rádio Utopia FM
6 – Nayara Alves da Silva – União Nacional dos Estudantes (UNE)
7 – Leovane Gregório – Conselho Regional de Psicologia
8 – Gustavo Alexandre Viana Martins – Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação-DF
9 – Carolina Teixeira Ribeiro – Coletivo Intervozes
10 – Mel Bleil Gallo – UnB

Suplentes:

1 – Maria Emília Magalhães
2 – Joana Darc Pereira de Melo
3 – Marcelo de Oliveira Arruda
4 – Jeronimo Calorio Pinto
5 – Alzira Coutinho Seixas Rosário
6 – Gustavo Alves de Souza
7 – Antônio Jacinto Indio
8 – Marlene da Silva Lucas
9 – Daniela Marques
10 – Joaquim Carlos Carvalho

Pelo segmento empresarial:

Da Associação Brasileira de Telecomunicações – Telebrasil

Titulares
1 – Juarez Martinho Quadros do Nascimento
2 – Ronaldo Rangel de Albuquerque Sá
3 – Raimundo Duarte
4 – José  Rogério da Costa Vargens Filho
5 – Caio Felipe do Nascimento

Suplentes

1 – Lenice Augusta dos Santos
2 – Marcelo Laboissière Camargos
3 – Victor Lopes Bicudo de Castro
4 – Carlos Sadarque Andrade Ramalho
5 – Zélia Gois Gadelha Dias

Da Associação Brasileira de Radiodifusores – ABRA

Titulares
1 – Alexandre de Carvalho Vila
2 – Estéfane Celis Araújo
3 – Lucenir Monteiro de Matos
4 – Salmo Ribeiro de Souza
5 – Willian Rogério Correa

Suplentes
1 – André  Luis de Almeida Giusti
2 – Cassio Santos Farias
3 – Christopher Pereira Carlos
4 – Francisco Carlos de Sousa Echavarria
5 – Rodrigo de Freitas Ribeiro Leitão

Anúncios

Conferência Distrital de Comunicação começa nesta sexta!

20/11/2009

Acompanhe pelo twitter: @proconfecomdf
Confira as propostas das conferências livres do DF

O Distrito Federal realizada de sexta (20) a domingo (22) a Conferência Distrital de Comunicação. Cerca de 450 pessoas já estão pré-inscritas e irão participar do debate como representantes da sociedade civil não empresarial, empresarial e Poder Público.

Reinvidicação dos movimentos sociais do DF, a conferência é uma etapa oficial da Conferência Nacional de Comunicação, cujo tema central é Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital.

A abertura da Conferência Distrital está marcada para às 20h desta sexta, na Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (Eape), na 907 sul. A presidente da Centra Única dos Trabalhadores do DF (CUT-DF), Rejane Pitanga, fará uma saudação em nome da sociedade civil.

A coordenadora do Movimento Negro Unificado (MNU), Jacira Silva, terá uma fala especial sobre comunicação e Dia da Consciência Negra. Representantes do Poder Público e do setor empresarial também participam da abertura.

Conferências livres

Nos últimos três meses, os movimentos sociais do DF realizaram oito conferência livres preparatórias para a Conferência Distrital de Comunicação, promovidas pelos sindicatos dos trabalhadores de comunicação, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Intervozes, Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), movimentos e entidades negras, estudantes da Universidade de Brasília, Universidade Católica e Facitec.

Entre as propostas encaminhadas pelas conferências livres à etapa distrital estão revisão do modelo de outorgas e concessões de radiodifusão, regionalização do conteúdo, criação do conselho distrital e nacional de comunicação, fortalecimento das mídias públicas, regulamentação da profissão dos jornalistas, descriminalização das rádios comunitárias e financiamento da mídia alternativa, estudantil e negra.

No sábado (21), serão realizados painéis temáticos para o aprofundamento dos debates e grupos de trabalho poderão complementar e aprimorar propostas que serão encaminhadas para a Conferência Nacional de Comunicação.

No domingo (22), haverá plenária, votação de moções e escolha de delegad@s para a etapa nacional. Após o encerramento da programação oficial, a sociedade civil irá realizar uma plenária para construção de uma carta com reivindicações na área de políticas de comunicação voltadas para o Governo do Distrito Federal (GDF).

Mais informações

Sheila Tinoco (Fenajufe/Cut-DF): 9289-0150
Mayrá Lima (Intervozes): 9684-6534
Romário Schettino (Sindicato dos Jornalistas): 9942-3503

Programação Oficial (http://www.gdf.df.gov.br/045/04501040.asp)

Conferência Distrital de Comunicação

LOCAL: Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (907 sul)

Sexta-feira (20/11)
Inscrição e credenciamento: 16h às 20h
Abertura e votação do regimento: a partir das 20h, com participação de representantes do Poder Público, Sociedade Civil empresarial e não empresarial.

Sábado (21/11)
Inscrição e credenciamento: 8h às 10h
Painéis temáticos: 8h às 12h
Grupos de trabalho: 14h às 18h

Domingo (22/11)
Plenária e votação de moções: 8h às 12h